Saber ou não saber – esta é a pergunta.

Saber ou não saber – esta é a pergunta.

Vivemos em uma sociedade cada vez mais globalizada. Faça uma pausa e observe seu entorno. As coisas que você vê, quando somadas, provavelmente percorreram mais quilômetros e passaram por mais lugares ao redor do mundo que você.

A terceirização da manufatura é parte e parcela de quase todas as empresas hoje em dia, tanto é assim que consumidores esperam isso. Contudo, como seria um mundo onde você soubesse exatamente quem produziu cada um dos itens que você compra e de onde vieram? Este é um mundo no qual a ATG acredita e a razão pela qual preferimos nadar contra a corrente, ao contrário de seguir o fluxo da terceirização.

Em uma indústria conduzida pela terceirização, a ATG® é e sempre foi uma fabricante tradicional, que utiliza as mais avançadas tecnologias para produzir luvas líderes de mercado. Fazemos tudo nós mesmos e garantimos que nada é terceirizado.

Terceirização zero

Vemos muitos benefícios em produzir nossas próprias luvas. No entanto, neste artigo iremos nos concentrar no benefício mais importante: controle.

Controle. Controle de que exatamente?

  • Controle da Pesquisa & Desenvolvimento
  • Controle da transição de novo produto desde P&D até a produção
  • Controle da propriedade intelectual
  • Controle da qualidade
  • Controle da conformidade com a legislação
  • Controle da forma como as pessoas que fabricam nossos produtos são tratadas

 

A lista é longa. No entanto, ela volta sempre ao ponto principal: controle. Em um mundo de terceirização, as pessoas cada vez mais nos dizem que querem ter a certeza de estarem tratando com um fabricante, não com uma marca que podem encontrar disponível a partir de inúmeros revendedores, e que é sem dúvida, terceirizada. Onde tudo começa?

Pesquisa e desenvolvimento

Simplificamos tudo ao integrar nossas instalações de P&D no núcleo de nossas instalações de produção, para garantir que as ideias e tecnologias por trás de nossas luvas desenvolvidas pela P&D não se percam quando transferidas para as linhas de produção. Esta simples abordagem aprimora também a colaboração entre nossas equipes de produção e de desenvolvimento, e incentiva uma troca mais rápida de conhecimento, que por sua vez, conduz à pesquisa eficiente e diminui consideravelmente o ciclo de desenvolvimento de cada  novo produto ou melhoramento de produto.

Produzir luvas é como montar um quebra-cabeças. Existem tantas peças que precisam ser intercontectadas umas com as outras para completar o quebra-cabeças, e produzir luvas não é diferente.

John Taylor, Presidente da ATG

O Impulso para o conhecimento

e especialidade não acontece a esmo dentro da ATG, uma vez que colaboramos ativamente com universidades líderes, indústrias especializadas, bem como especialistas da indústria. Esta é uma das razões pelas quais a ATG é capaz de manter-se na vanguarda dos mais recentes desenvolvimentos e avanços científicos da indústria. Criamos e desenvolvemos luvas que se adequam perfeitamente às necessidades dos nossos usuários de hoje e de amanhã. Ao oferecer aos nossos usuários não apenas mais um par de luvas, mas uma experiência totalmente nova, somos capazes de garantir segurança otimizada, conforto e limpeza a cada um de nossos usuários.

Mais além da legislação

A limpeza das luvas é algo que a  ATG® leva muito a sério. É importante para o meio-ambiente, para nossos funcionários que produzem nossas luvas, e claro, para os usuários das nossas luvas. Conforme a legislação se torna mais exigente e mais técnica, cremos que a melhor forma de garantir conformidade é fabricar produtos internamente. A legislação REACH, que entrou em vigor em junho de 2007 é um excelente exemplo. Em um total de 849 páginas, foi descrita como a mais completa e mais complexa legislação que regulamenta substâncias químicas. Manter a total propriedade da tecnologia por trás de nossas luvas, nos permite também obter certificação dermatológica por meio da nossa parceria com a Skin Health Alliance (SHA), proporcionando aos nossos usuários profissionais – pela primeira vez na indústria de segurança, a confiança de que nossa linha completa de luvas é dermatologicamente segura, uma vez que a ciência e pesquisa utilizadas no desenvolvimento de nossas luvas são sólidas.

Qualidade

Qualidade não é algo que verificamos ao final da linha de produção. Melhor que isso, a qualidade é integrada em nossas instalações desde o princípio até o final do processo. Isto é possível com as equipes de qualidade e com os protetores da qualidade, que monitoram e tomam ações corretivas como parte de seu trabalho diário.

Com esta abordagem, a qualidade está entrelaçada no tecido e na cultura da empresa. A qualidade é formalmente expressa através da certificação ISO 9001, a qual nós, como muitas outras empresas, utilizamos como a estrutura que nos ajuda a produzir consistentemente luvas de alta qualidade. Em conjunto com o ISO 14001, nos permite tornar nossas operações de fabricação mais eficientes, com baixos níveis de desperdício, ao passo que conscientes do ambiente no qual operamos.

Juntando as peças

É responsabilidade e esforço conjunto das várias equipes que trabalham dentre a cadeia de distribuição, criar, desenvolver, produzir, distribuir, educar e oferecer apoio. Em uma indústria conduzida pela terceirização, a ATG® é e sempre foi uma fabricante tradicional, que utiliza as mais avançadas tecnologias para produzir luvas líderes de mercado. Fazemos tudo nós mesmos e garantimos que nada é terceirizado.

Conforto - Desempenho - Cuidado das mãos

Na ATG®, não desenvolvemos luva por luva. Ao contrário, desenvolvemos plataformas de tecnologia que suprem as necessidades de nossos clientes. Esta abordagem nos permite oferecer uma experiência contínua em todas as linhas de luvas (ex. AIRtech® para MaxiFlex® e para MaxiCut®).

Nossas plataformas de tecnologia estão centradas ao redor de três pilares – conforto, durabilidade e HandCare® (limpeza), que juntas, trabalham para oferecer a experiência ideal para cada aplicação específica.

ATG® GloveFinder

Encontre as luvas certas para o trabalho